Viagem Brasil

Viagem Brasil: hoteis, pousadas romanticas, lua de mel e pacotes turísticos

Mudar linguagem para Inglês
Mudar linguagem para Espanhol
Mudar linguagem para Português
Busca

Praia Fernando de Noronha - André Seale
Macacos - Samuel Duleba
Tartaruga Verde - André Seale
Praia do Sancho - Fernando de Noronha - André Seale
Estuario Litoral Bahia -  André Seale
Fernando de Noronha - André Seale


Notícias

16/07/2013 - 08h11

SESC Carmo/SP promove exposição `Só dá Bandeira´

 
 

A+

A-

Altera o tamanho da letra

 
publicidade

O Sesc Carmo, no centro de São Paulo, promove até o dia 16 de agosto a exposição Só dá Bandeira, com informações sobre as imagens que representam os Estados brasileiros.

 

As bandeiras foram expostas com informações históricas, curiosidades e explicações sobre os símbolos usados.

 

Além de conhecer melhor as bandeiras, o visitante pode construir um mapa brasileiro em quebra-cabeça, sinalizar lugares visitados e brincar em jogos multimídia.

 

Uma cabine de rádio foi recriada para consulta de músicas regionais.

 

Confira algumas das bandeiras expostas e as informações cedidas pelo Sesc Carmo.

 

Pernambuco: Em 1817, Pernambuco viveu uma revolução pelo fim da monarquia e a bandeira conteve as cores: azul (céu) e branco (paz). A cruz faz referência a primeira designação do Brasil: Ilha de Vera Cruz. O arco-íris representa o começo de uma nova era, a estrela amarela simbolizava o estado de Pernambuco iluminado pelo sol do futuro

 

Minas Gerais: A bandeira mineira foi criada em 1963 e foi baseada nos planos dos lideres da Inconfidência Mineira, para dar origem a bandeira do Brasil independente de Portugal. A expressão "Libertas Quae Sera Tamen – Liberdade ainda que tardia – foi tirada de um versículo do poeta romano Virgílio.

 

Rio Grande do Norte: A bandeira do Rio Grande do Norte foi criada baseada num projeto do folclorista Luís da Câmara Cascudo, que utilizou elementos da cultura potiguar. O brasão que ocupa a parte central da bandeira foi criado em 1º de julho de 1909. Ele traz o coqueiro, a carnaubeira, a cana-de-açúcar e o algodão. Há também uma jangada, que representa a pesca e a extração do sal

 

Pará: Inicialmente utilizada como representação da cidade Belém, a Bandeira do Pará foi adotada como símbolo do estado em 1889. O vermelho simboliza a vitória revolucionária, o valor e o sangue; a faixa branca sugere um cinto planetário representando o zodíaco; e a estrela azul simboliza a constelação de Virgem

 

São Paulo: Em 16 de julho de 1888, o jornal de propaganda republicana O Rebate, fundado e dirigido por Júlio Ribeiro, criou um projeto de bandeira para a causa republicana. Eram quinze faixas, oito pretas e sete brancas, alternadamente. Na parte superior, à esquerda, havia um retângulo vermelho, representando a fusão racial do país. Em 1932, a ideia de Júlio foi adotada pelo Estado, com duas pequenas alterações. O número de faixas diminuiu para treze, e o retângulo vermelho recebeu o mapa do Brasil e quatro estrelas representando o Cruzeiro do Sul

 

Serviço
Sesc Carmo: Rua do Carmo, 147, Centro, São Paulo
Horário de Funcionamento: De seg. a sex., das 9h às 19h30
Entrada grátis

 

Com informações da Folha de São Paulo

A reprodução integral ou parcial de textos e fotos deste portal somente é permitida com créditos para o autor e link para a página de onde foi transcrito. É expressamente proibida a reprodução total ou parcial das fotos das galerias sem a autorização prévia dos fotógrafos, os quais estão devidamente creditados nos nomes das galeriasCaso você seja autor de alguma imagem ou texto publicados neste site e deseja remoção ou correção, clique aqui para preencher o formulário de solicitação.


Receba nossa NewsLetter
Nome:
E-mail:
Código de segurança:
->